sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

TOMANDO DECISÕES SEGUNDO A VONTADE DE DEUS

Resultado de imagem para dúvidaDiante de uma decisão que devemos tomar, quase sempre nos deparamos com a dúvida se vamos agir conforme a vontade de Deus. Queremos estar no centro da vontade de Deus, fazer o seu querer. Porém, há assuntos sobre os quais a Bíblia não oferece orientações claras, nem trata delas especificamente. Existem àreas da nossa vida em que não teremos uma resposta específica da parte de Deus. Por exemplo:

- Vida familiar: Quando ainda solteiro os jovens pensam: "Com quem devo namorar"? "Será que essa pessoa é aquela (e) que o Senhor tem preparado pra mim"? Após o casamento surge as questões sobre ter filhos e a quantidade. Muitos perguntam: "Será que é a vontade de Deus que eu tenha muitos filhos ou somente um"? 


- Vida profissional: Que profissão escolher? Peço demissão ou continuo no emprego atual? Será que é o momento de pedir aumento salarial ou promoção?


- Vida eclesiástica: Qual igreja devo frequentar? Onde posso utilizar melhor meu dom? Qual ministério da igreja devo participar? Grupo de louvor? Professor de Escola Bíblica?


Enfim, as dúvidas são muitas e não temos total certeza sobre qual é a vontade de Deus para as nossas vidas. Há um certo perigo nisso. Muitos crentes na ânsia de "descobrirem" a vontade de Deus apelam para impressões do Espírito, profecias, leituras aleatórias da Bíblia (as caixinhas de promessas), etc. Outros pensam que "portas abertas" são sinais da aprovação de Deus. A grande verdade é que muitas vezes queremos mesmo é que nossos desejos e vontades se cumpram. Forçamos a barra. 


Para entendermos se estamos realizando a vontade do Senhor precisamos compreender o que significa a vontade de Deus. Os teólogos, pautados pelas escrituras sagradas, ensinam quem em Deus há uma só vontade, porém há dois aspectos dela: vontade secreta e vontade revelada. O livro de Deuteronômio (29:29) nos direciona para esse entendimento: "As coisas encobertas pertencem ao Senhor, o nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos, para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei". A vontade secreta tem haver com os decretos e ou planos de Deus, que não podemos saber totalmente. A vontade revelada de Deus são seus mandamentos, suas ordens, e as encontramos claramente na Bíblia Sagradas. 


Porém, como agir quando não há mandamentos claros nas escrituras? O quê fazer se não sabemos quais são os planos de Deus? Neste caso, devemos trilhar os caminhos da sabedoria. Há meios pelos quais podemos ter uma orientação do Senhor em nossas decisões. 


1) Pergunte se o que está decidido a fazer é lícito e se convém (I Coríntios 10:23). Deus não deseja o divórcio, a raiva, a inimizade entre os irmãos, etc. Se o que pretende fazer é lícito e convém, então tudo bem!


2) É útil para outras pessoas? Devemos pensar no bem das pessoas que nos envolvem e não sermos egoístas. 


3) É escravizante? Tem muita pessoa que passa muito tempo fora de casa, longe da família, escravos do trabalho e de outros vícios. Isso pode trazer prejuízo.


4) Glorifica ao Senhor? O apóstolo afirmou que qualquer coisa que façamos deve trazer glória ao Senhor (I Coríntios 10:31).


Há ainda outros meios:


1) Aprenda a refletir sobre sua decisão. Há muitos crentes que não pesam os prós e contras das suas decisões. Tomam decisões equivocadas ou erradas por serem ansiosos e afobados. 


2) Aprenda a suspeitar de si mesmo. Somos pecadores e nossas emoções nos enganam. Nosso coração pode nos enganar (Jeremias 17:9). Portanto, peça opiniões a amigos, parentes ou alguém de confiança que tenham uma visão diferente da sua. 


3) Aprenda a aceitar conselhos. Há muitos crentes que não conversam com ninguém sobre suas decisões. Se isolam. Não tem com quem participar sobre suas escolhas. Contudo, é importante pedir conselhos a pessoas de confiança. É verdade que há muitos que não sabem aconselhar, mas há bons conselheiros. 


4) Aprenda a esperar no Senhor (Salmo 40:1). Esperar, porém, não é acomodar, mas confiar nas decisões do Senhor para as nossas vidas. Deus sabe o que é melhor para nós. Não faça nada com dúvida. Espere com paciência no Senhor. 


Que o Senhor te abençõe e te guarde!