quinta-feira, 7 de maio de 2015

FILHO DE DEUS É DEUSINHO?


Resultado de imagem para sois deuses


As pessoas que fazem uso de preleções devem tomar muito cuidado ao comparar, ilustrar ou associar algo a alguma coisa. Nem sempre os exemplos, comparações, ilustrações, etc, dão certo ou estão corretos. Tome por exemplo a doutrina da trindade. As Testemunhas de Jeová raciocinam o seguinte: se a soma de 1+1+1=3 a conclusão só pode ser que nessa lógica os cristãos em geral são politeístas, pois adoramos 3 deuses. Pergunto: a comparação desta adição à doutrina da Trindade apoia as Testemunhas de Jeová em seu raciocínio lógico? R: certamente que não, pois podemos dizer também que 1x1x1:1. Ou seja, adoramos um só Deus eternamente subsistente em três pessoas, entenderam?

Pois bem: fazendo uso de analogia e exemplos forçados e incorretos, o pessoal da Confissão Positiva ou Movimento de Fé dizem que, se filho de gato é gatinho, se filho de cachorro é cachorrinho e etc, filho de Deus é um deusinho. O raciocínio parece certo e coerente, não? É... mas não é bem assim. Sabendo disso buscam apoio bíblico para respaldar esta heresia. E supostamente pensam que Salmos 82:1-8 e João 10:31-39 apoiam suas ideias (peço que leia em sua Bíblia).   

Pra começar este pensamento não tem origem no cristianismo e sim na sugestão de Satanás a Eva de que “seriam como Deus” se comessem do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 3:5). No mundo contemporâneo podemos afirmar que a origem desse pensamento está no Movimento Nova Era.

Lauro Trevisan no livro Aquarius, A Nova Era chegou, pp.22.23, afirma que a Era de Aquarius “é a descoberta de um Poder Infinito e de uma Sabedoria Infinita, no âmago da criatura humana, ou seja, o homem é um ser divinizado”. Ele afirma ainda: “A maior conquista do homem de Aquarius será a descoberta de Deus no âmago do seu ser. Quando acontecer a comunhão interna entre o eu e o Eu Sou, ou seja, entre o humano e o Divino imanente no humano, a Vida e a Verdade se manifestarão na mais bela plenitude”.

A guru do Movimento Nova Era - Shirley MacLaine – afirma: “Cada um de nós é parte de Deus, experimentando a aventura da vida (“Em Busca do Eu”, Shirley MacLaine, p. 96). E mais: “Somos todos parte de Deus, e Deus é parte de nós. Nada pode ficar entre Deus e nós. “Nós somos um (“Em Busca do Eu”, Shirley MacLaine, p. 73)”.

Os profetas da Confissão Positiva se inspiraram nas mesmas ideias da divinização do homem – presente no Movimento Nova Era – para infestar o cristianismo ortodoxo com a mesma praga herética. Segue abaixo algumas citações dos “profetas”.

Kenneth Hagin assevera: “O homem... foi criado em termos de igualdade com Deus, e poderia permanecer na presença de Deus sem qualquer consciência de inferioridade... Deus nos criou tão parecidos com Ele quanto possível... Ele nos fez seres do mesmo tipo dEle mesmo... O homem vivia no Reino de Deus. Vivia em pé de igualdade com Ele... O crente é chamado de Cristo... Eis quem somos; somos Cristo!”.

Kenneth Copeland declara que “a razão para Deus criar Adão foi seu desejo de reproduzir a si mesmo... Ele [Adão] não era um deus pequenino. Não era um semideus. Nem ao menos estava subordinado a Deus”.

O televangelista John Avanzini afirma que o Espírito de Deus “declarou na Terra, hoje em dia, qual seu propósito eterno por todos os séculos... que Ele está duplicando a si próprio na Terra”.

Morris Cerullo clama: “Vocês sabiam que desde o começo do tempo o propósito inteiro de Deus era reproduzir-se?... Quem são vocês? Vamos lá, quem são vocês? Vamos lá, digam: ‘Filhos de Deus!’ Vamos lá, digam! E aquilo que opera em nosso interior, irmão, é a expressa manifestação de tudo quanto Deus é e tem. E quando estamos aqui de pé, vocês não estão olhando para Morris Cerullo; vocês estão olhando para Deus, estão olhando para Jesus”.

(Todas as citações foram extraídas do livro “Cristianismo em Crise”, Hank Hanegraaff, CPAD)

Só para lembra-los: Morris Cerullo tem “baixado” em nosso país para pregar no programa de certo pastor brasileiro (pregar???). Quer dizer, esfolar o povo de Deus ao pedir ofertas de até R$ 10.000,00. Poderíamos usar, então, a mesma analogia... tiete de Cerullo é um Cerullinho? O que vocês acham?  

Na próxima postagem vamos analisar os dois textos usados pelos “profetas” da prosperidade (Salmos 82:1-8 e João 10:31-39). Aprenderemos que numa analise correta da hermenêutica sagrada, essa ideia simplesmente não existe. Podem tirar o cavalinho da chuva: NÃO SOMOS DEUSES COISA NENHUMA. Essa é mais uma tentativa de causar frenesi no povo de Deus, mas sempre a custa de heresias.

Grande abraço a todos!


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário